HOME/NEWS        PORTFOLIO        PORTRAITS        AYUMI&VÍTOR  

segunda-feira, julho 30, 2007

In Memorian























"Apesar de não ser mais criança, sorria como uma menina, tinha o olhar manhoso, um abraço gostoso. Fazia a gente rir como ninguém mais sabia fazer. Uma história ou até uma fofoca, com ela era sempre interessante. Tinha sempre um bom conselho ou um ensinamento para dar. Gostava de brincar, dar gargalhadas, era tão divertida que até seu espirro era engraçado.
Às vezes, mal humorada, impaciente. Mas quem nunca ficou desse jeito?
Entre defeitos e qualidades, assim era você. Era...ainda é...na minha memória e no meu coração. Pensarei em você todos os dias. E se eu chorar não será de tristeza, e sim, de saudade."
Uma vez mais, abro um pequeno espaço no meu blog para que minha esposa Fernanda deixe uma mensagem.
Uma vez mais, em um momento muito triste de nossas vidas.
Até um dia, D. Luíza!